Mother Mother     Nossa Senhora de Guadalupe
     HOME | Pedidos | Agradecimientos | Cards | O Santo Rosário | Imagens | Orações

CRONOLOGIA DOS EVENTOS RELACIONADOS AO MILAGRE

ANOEVENTO
1474 Um Índio chamado Quauhtlatoatzin nasceu em Cuautitlan.
1476 Juan de Zumarraga nasceu na Espanha.
1492 Cristovão Colombo chega em uma ilha do continente Americano e lhe dá o nome de San Salvador.
1514 O primeiro Santuário Mariano no novo mundo é estabelecido na cidade de Higuey, sendo assim o primeiro a ser construido em solo americano.
1519 Hernan Cortez chega ao México.
1521 A capital dos Aztecas é derrotada pelas forças de Cortez.
1524 Os 12 primeiros Franciscanos chegam na Cidade do México.
1525 O Índio Quauhtlatoatzin é batizado por um sacerdote Franciscano e recebe o nome Cristão de Juan Diego.
1528 Juan de Zumarraga chega ao Novo Mundo.
1529 A esposa de Juan Diego, Maria, cai enferma e falece.
1531 Ano das aparições à Juan Diego
1533 O primeiro santuário é erguido.
1541 O sacerdote Franciscano e historiador da Nova Espanha, “Motolinia” escreve que cerca de nove milhões de aztecas foram convertidos ao Cristianismo.
1548 Morre Juan Diego.
1555 No Conselho Provincial, o segundo Arcebispo do México, Alonso de Montúfar, formula cânones que indiretamente aprovam as aparições.
1556 Arcebispo Montúfar começa construção da segunda igreja.
1560 Um documento conhecido como a Relação Valeriano é escrito por um índio chamado Antônio Valeriano. Também conhecido como o Nican Mopohua. (Entre 1540 e 1580).
1564 Uma imagem foi levada na primeira expedição formal às Filipinas.
1567 A nova igreja construida pelo Arcebispo Montúfar é terminada.
1570 Arcerbispo Montúfar envia ao rei Felipe II da Espanha, uma cópia pintada a óleo da imagem de Guadalupe.
1571 Almirante Doria leva uma cópia da imagem a bordo de seu barco durante a batalha de Lepanto, e atribui a Virgem de Guadalupe a vitória sobre as forças do Império Ottomano.
1573 A “Relação Primitiva” eŽ escrita pelo historiador Juan de Tovar, que transcreve a história de fontes ainda anteriores, é provavelmente Juan Gonzalez, o tradudor do Bispo Zumarraga. (Descoberta na biblioteca Nacional de arquivos do México)
1647 A imagem é coberta por um vidro pela primeira vez.
1648 O sacerdote Miguel Sanchez publica na Cidade do México, em espanhol, a obra titulada "Imagem da Virgem Maria, Mãe Guadalupe de Deus.
1649 Luis Lasso de la Vega publica a “Huey Tlanahuicoltica”, ralatando as aparições em Nahuatl. Usando fontes anteriores a Nahuatl.
1666 Uma investigação formal é conduzida pela igreja desde 18 de fevereiro à 22 de março para autorizar sua tradução.
1695 É colocada a primeira pedra do novo Santuário. É solenemente dedicado o novo Santuário em 1709.
1723 Outra investigação formal é ordenada pelo Arcebispo Lanziego y Eguilaz.
1737 A Santíssima Virgem Maria de Guadalupe foi escolhida como patrona da Cidade do México.
1746 O patronado de Nossa Senhora de Guadalupe é aceito por toda Nova Espanha, que até então, compreendia as regiões do norte da Califórnia até El Salvador.
1746 O cavalheiro italiano Boturini Benaducci promove a solene e oficial coroação da imagem.
1754 O Papa Benedito XIV aprova o patronado da Nova Espanha e outorga uma Missa e ofício para a celebração da festa de 12 de dezembro.
1756 O Famoso pintor Miguel Cabrera publica seu estudo da imagem em um livro "Maravilha Americana".
1757 A Virgem de Guadalupe é declarada patrona dos cidadãos da Ciudad Ponce em Porto Rico.
1767 Os jesuítas são expulsos dos domínios espanhois e a imagem e a sua devoção são levadas a várias partes do mundo.
1895 Com a autoridade papal, a imagem foi coroada com a participação do Episcopado do continente.
1910 O Papa Pio X declara a Virgem da Guadalupe Patrona da América Latina.
1911 Uma igreja foi construída no sítio da casa do Juan Bernardino.
1921 Uma bomba colocada abaixo da imagem explodiu, causando grande dano, mas nada aconteceu ao tilma.
1924 Um importantíssimo antecedente histórico do século XVI documentando o milagre, é encontrado no Peru pelo antropólogo M. Saville. É um calendário conhecido como o Codex Saville e mostra a imagem de Guadalupe na posição do ano de 1531.
1928 Uma coroação da imagem realiza-se em Santa Fé, Argentina.
1929 Primeira observação documentada da aparente imagem de um busto humano refletido em um olho da Virgem, pelo fotógrafo Alfonso Marcue.
1935 O Papa Pio XI extende o Patronado da Virgem às Filipinas.
1945 O Papa Pio XII declara a Virgem de Guadalupe como "Rainha do México e Imperatriz das Américas" e que sua imagem foi pintada "por pincéis que não são deste mundo”.
1946 O Papa Pio XII A declara Patrona das Américas.
1951 Exame da imagem por Carlos Salinas. É observada a aparente reflexão de um busto humano no olho direito da Virgem.
1956 Dr. Torroela-Bueno, um oftamologista, examina os olhos da Virgem no tilma.
1958 Dr. Rafael Torija-Lavoignet publica seu estudo sobre o efeito de Purkinje-Sanson observado nos olhos da Virgem de Guadalupe.
1961 O Papa João XXIII dirige-se a Ela em oração como Mãe das Américas. Refere-se a Ela como Mãe e Mestra da Fé dos povos das Américas.
1962 Dr. Charles Wahlig, anuncia o descobrimento de duas imagens aparentemente refletida nos olhos da Virgem, ao examinar a fotografia ampliada vinte e cinco vezes.
1966 O Papa Paulo VI envia uma rosa de ouro à Basílica.
1975 O vidro é removido para permitir que a imagem seja examinada por outro oftamologista, o Dr. Enrique Grave.
1976 Dedicação da nova Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, localizada quatro milhas do centro da Cidade do México.
1979 Dr. Philip Callahan tira 40 fotos em infra-vermelho da imagem. Mais tarde concluiu que a imagem original é inexplicável como criação humana.
1979 O Papa João Paulo II A chama de “Estrela da Evangelização”, ajoelha-se diante de Sua imagem, invoca Sua assistência maternal e dirige-se a Ela como a Mãe das Américas.
1979 Dr. Jose Aste-Tonsmann anuncia o descobrimento de quatro figuras humanas aparentemente refletida em ambos os olhos da Virgem. Dr. Tosmann usou técnicas sofisticadas de processamento de imagem com digitalização fotográficas de ambos os olhos.
1988 A celebração litúrgica de Nossa Senhora de Guadalupe em 12 de dezembro foi levada ao status de festa em todas as dioceses nos Estado Unidos.
1990 Juan Diego é beatificado pelo Papa João Paulo II no Vaticano.
1990 O Papa João Paulo II retorna a Basílica na Cidade do México. Preside a cerimônia de beatificação de Juan Diego.
1992 O Papa João Paulo II dedica uma capela em honra a Nossa Senhora de Guadalupe na Basílica de São Pedro no Vaticano.

HOME | Top | Send this page to a friend | Comentários | webkeeper

"Não deixe seu coração pertubado. Não temas esta enfermidade, nem outra qualquer enfermidade ou angustia. Eu não estou aqui? Quem é sua Mãe? Você não estás abaixo de minha proteção? Eu não sou sua saúde? Não estás feliz com meu abraço? O que mais podes querer? Não se preocupe e nem se pertube com qualquer coisa"
(Palavras de Nossa Senhora ao Juan Diego)